Buscar

RDC 216 - Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação

O setor alimentício foi um um dos poucos a não apresentar quedas muito bruscas nos percentuais de venda, em tempos de crise financeira no país. Talvez por isso, diariamente,  surjam novos restaurantes e empreendimentos desse tipo. Para esses novos empreendedores, a RDC 216 é uma obrigatoriedade.


Se você ainda tem dúvidas sobre a implantação desse modelo em seu negócio, reunimos algumas dicas para que você consiga se adequar às principais determinações.


O que é a RDC 216?


Em 2004, a ANVISA decidiu pela criação de um regulamento específico, que norteasse as práticas de higiene necessárias aos estabelecimentos que vendem alimentos para o consumo.


São regras para “manipulação, preparo, fracionamento, armazenamento, distribuição, transporte, exposição à venda e entrega de alimentos” prontos para consumo. A RDC 216 tem como objetivo principal a implantação das boas práticas de higiene nesses estabelecimentos.


Boas práticas que pautam desde a seleção de matéria-prima de qualidade e boa procedência até a água que será utilizada para assepsia ou uso direto no preparo dos alimentos. Tudo isso passando pelas condições técnicas do local de preparo e distribuição.


Como implantar a RDC 216 em seu restaurante?


O principal é conhecer bem cada uma das exigências contidas neste regulamento. Você não precisa ser, necessariamente, quem vai implantar o regulamento em seu negócio. Mas, quanto melhor for seu conhecimento sobre as exigências, mais fácil será a adequação.


A RDC 216 determina a criação personalizada de um manual de boas práticas para cada restaurante, por exemplo. O importante é que todos os procedimentos realizados no estabelecimento sejam detalhadamente descritos no manual.


Ter um manual com todas as instruções de como devem ser feitos os preparativos de cada alimento não é apenas uma obrigatoriedade. É uma ajuda e facilidade para o empreendedor, no momento de contratar novos colaboradores ou reforçar o treinamento dos atuais.


Entre as exigências das boas práticas da RDC 216 constam:


  • Condições ideais de higienização de instalações, equipamentos, móveis e utensílios;

  • Controle integrado de vetores e pragas urbanas;

  • Normas para abastecimento de água;

  • Manejo de resíduos;

  • Condições dos manipuladores dos alimentos;

  • Matérias-primas, ingredientes e embalagens;

  • Preparação do alimento;

  • Armazenamento e transporte do alimento preparado;

  • Exposição ao consumo do alimento preparado.


A importância de estar em dia com a RDC 216


Você já se preocupa em fazer seu negócio crescer e conquistar novos clientes. Estando em dia com as normas da ANVISA, você evita preocupações extras como multas ou sanções.


Garantir a segurança dos colaboradores e clientes do seu restaurante, além de melhorar a qualidade dos seus produtos, é o motivo mais importante para se estar em dia com essa norma.


A Protege criou um checklist para te ajudar a se adequar às normas da ANVISA. Clique aqui embaixo para ter acesso a ele e tirar suas dúvidas de vez sobre o assunto!




14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

eSocial